Itapipoca sem água: Cid quer a prisão de donos de contrutora

O governador Cid Gomes, passou a segunda-feira de Natal em Itapipoca, resolvendo um problemão causado por uma empresa contratada através de licitação pelo Estado para construir uma adutora de 32 quilômetros, ligando o açude Gameleira à sede do município de Itapipoca, pelo preço de R$ 19,8 milhão.

A Construtora  PWE Ltda, que tem como um dos sócios, o senhor Francisco Rodrigues, antes de entregar a obra, anunciou falência, deixando pelo caminho a adutora. O Governo do Ceará, para evitar um colapso no abastecimento de água de Itapipoca,contratou com dispensa de licitação, em regime de urgência, outra empresa(PRIMOR), para terminar o serviço, obtendo sucesso.

Na sexta-feira, a Sohidra, empresa do Estado responsável por obras hidráulicas ativou a adutora, após receber a obra. Em pelo menos nove pontos, aparecereram grandes vazamentos, causando perda de pressão e desperdício de água. O serviço terá que ser refeito. A população de Itapipoca ficou sem água.

O governador Cid Gomes, tomou conhecimento do problema nesta segunda-feira. Amanheceu em Itapipoca e passou o dia tentando equacionar o problema. Convocou o pessoal da Sohidra, da empresa chamada COBA(empresa portuguesa) que foi contratada para consultoria técnica e mandou refazer o serviço trabalhando dia e noite. Cid Gomes chamou o Superintendente da Polícia Civil, Andrade Júnior e o Delegado Luiz Carlos Dantas e pediu a abertura imediata de inquérito policial e a prisão dos empresários que promoveram o estelionato. Um dos sócios, Francisco Rodrigues teria fugido ou foi embora para o Mato Grosso.

Matéria de Roberto Moreira: Diário do Nordeste

Foto: Flávio Teixeira

O que achou?

Deixe sua opinião aqui!