Projeto de Lei autoriza instalação de Campus da UFC em Itapipoca-CE

22/05/2013

Já tramita na Câmara, o projeto de Lei 5572/2013 que autoriza a instalação de Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) no município de Itapipoca-CE, cerca de 130 km de Fortaleza-CE.  A autoria é do deputado André Figueiredo (PDT-CE) e líder do partido da Câmara.

O campus irá beneficiar estudantes de Itapipoca e seus distritos: Arapari, Assunção, Baleia, Barrento, Bela Vista, Calugi, Cruxati, Deserto, Ipu Mazagão, Lagoa das Mercês e Marinheiros, além da região do Vale do Curu. Esses estudantes precisam se deslocar para outras cidades, como Sobral e Fortaleza quando atingem a idade de ingressar na universidade. O objetivo é que o município ofereça oportunidade para que população possa ingressar na universidade, evitando o deslocamento para outras localidades, muitas vezes dispendioso. 

 ?Sei das dificuldades que esses jovens enfrentam para estudarem na UFC e que muitos desistem do sonho de concluir um curso de nível superior quando se deparam com essas barreiras, afora aqueles que por falta de condições financeiras, encerram a caminhada sem chegar à universidade?, afirma André Figueiredo, lembrando a importância da implantação do campus da universidade em Itapipoca.

Outra justificativa é o município ter se tornado um dos principais centros de comércio do interior do Nordeste, com a instalação das maiores redes varejistas do país, com um crescimento econômico comparado ao da região metropolitana de Fortaleza que alcança os 15 maiores Produtos Internos Brutos (PIB) do estado. Além disso, possui um sistema viário e sistema de transporte que facilita o acesso e trânsito de pessoas a cidades vizinhas.

A instalação do campus da UFC vai possibilitar além da geração de conhecimento científico e tecnológico, desenvolvimento de toda a região onde o município está inserido. Será construído obedecendo a estrutura organizacional e funcionamento definidos pelo estatuto da UFC.

No dia 19 de abril foi realizada uma audiência pública no município para debater as necessidades e logística para instalação do campus. Estiveram presentes, o deputado André Figueiredo, prefeito Dagmauro, o vice-prefeito Geraldinho Azevedo, o deputado José Guimarães, a presidente da Câmara Municipal Paulinha Braga, vereadores, secretários, estudantes e representantes de comunidades indígenas e quilombolas.

O que achou?

Deixe sua opinião aqui!