Câmara aprova redução na conta de luz

A proposta seguirá para análise do Senado.

Por: Larissa Uchoa

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (28), a Medida Provisória 605 que irá permitir o uso de recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para redução de contas de luz do setor industrial e residencial. Os descontos nas taxas e tarifas serão disponibilizados pelo governo federal. A proposta seguirá para análise do Senado.

A Conta de Desenvolvimento Energético financia, atualmente, programas do governo federal no setor elétrico.

A redução das taxas e tarifas na conta de luz foi proposta, no ano passado, pela presidente Dilma Rousseff. A redução média nas contas residenciais será de 18%. Já o setor da indústria, agricultura, comércio terão uma alteração de até 32% nas tarifas.

O governo federal deverá desembolsar cerca de R$ 19 bilhões para reduzir o custo da conta de energia das empresas do setor elétrico. Durante o ano, serão gastos cerca de R$ 3 bilhões para compensar a diminuição das tarifas.

O documento aprovado consta que deverá ser apresentado um relatório mensal, constando as despesas do projeto. Os dados deverão ser disponibilizados via internet, para consulta da população.

Fonte: Ceará agora

O que achou?

Deixe sua opinião aqui!