aprovado projeto que destina os royalties para educação e saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta feira, (14/08), uma proposta que marca o início de uma nova fase para a educação pública brasileira: a destinação dos royalties do petróleo para a educação e saúde. O texto aprovado, do relator André Figueiredo (PDT-CE), prevê que 50% dos recursos financeiros do Fundo Social do Pré-Sal  seja destinado para a educação e a saúde, juntamente com os royalties do petróleo de poços que entram em operação comercial depois de 3 de Dezembro de 2012. Todo esse montante, calculado em quase 300 bilhões de reais distribuídos ao longo de 10 anos, será investido numa proporção de 75% para a educação e 25% para a saúde.
Com informações de: http://www.andrefigueiredo.net/

O que achou?

Deixe sua opinião aqui!